O que são fake news?

  29/Mar


Esse termo tem sido muito utilizado pela mídia recentemente, várias pessoas têm comentado  a expressão também, mas você sabe o que são fake news? A tradução em português quer dizer “notícias falsas”. Esse termo se refere  à  notícias falsas ou imprecisas que são publicadas, em grande parte e principalmente, na internet. Não é de hoje em que somos alertados a não acreditar em tudo que se lê por aí no mundo virtual, porém, o volume desse tipo de conteúdo tem sido tanto que a verdade está ficando escondida em meio a essas “mentiras” forjadas e já não se mais no que acreditar.




A velocidade em que consumimos informações está cada vez maior, e não há assunto que escape dessa onde de fake news, seja político, religioso, esporte, futilidade, todos podem se tornar uma vítima.  Em ano de eleições, as fake news se tornam ainda mais propícias a circularem pela internet causando mais polêmicas e “estragos” nas campanhas dos candidatos.

Mas como saber se o que lemos é mentira ou verdade? Para que você saiba filtrar melhor as notícias que consomem diariamente, listamos aqui algumas dicas de como identificar uma fake news.

Cheque a fonte da notícia

Procure saber de onde veio a informação. Uma boa dica é verificar a notícia em sites de credibilidade ( de empresas grandes, já consolidadas há mais tempo no mercado, conhecidas em divulgar informações completas) ou nos páginas oficiais de comunicação de órgãos do governo.

Veio do grupo de WhatsApp? Rede Social? Desconfie. Esses são um dos principais canais de correntes falsas nos dias de hoje.

Faça uma busca no Google

Procure a chamada da notícia que você está em dúvida no Google e verifique os sites que publicaram algo semelhante. Notícias importantes se espalham em minutos e os veículos de comunicação mais sérios certamente serão um dos primeiros a informar algo.

Utilize o Google Notícias: O próprio Google oferece uma ferramenta para identificar fake news em seu motor de busca. Se você ler alguma notícia suspeita e tiver dúvidas, digite a chamada no Google e faça a busca. Após os resultados aparecerem, clique em Notícias e veja quais outras publicações também reproduziram aquela informação.


Imagem



Confira a data de publicação

É muito comum as pessoas resgatarem acontecimentos antigos, já até resolvidos, e publicá-los como um fato atual. Ao clicar em uma notícia, vale dar uma conferida na data em que aquela informação foi divulgada. Por mais que seja um fato mais chocante, é passado, não gera uma comoção tão forte, por isso alguns sites tentam “forjar” como sendo algo inédito para gerar boato, causar polêmica.

Leia a matéria na íntegra

Manchetes e chamadas jornalísticas em geral têm sempre um apelo maior a fim de atrair a atenção das pessoas e atraem. Títulos mais agressivos com expressões mais chocantes tendem a fixar mais em nossa mente do que uma notícia mais comum. Porém, muitos sites acabam distorcendo a informação para causar mais impacto, sendo que a notícia mesmo ou o desfecho não tem nada demais. Por isso, leia toda a informação recebida.

Repare na linguagem e expressões gráficas

Sites que criam, fomentam e reproduzem notícias falsas tendem a utilizar de uma linguagem mais informal no sentido sensacionalista, muitos adjetivos e termos pejorativos. Erros gramaticais e de concordância também se fazem presentes, visto que “esse mercado” muitas vezes não é alimentado por jornalistas ou profissionais. Não existe uma preocupação na construção do texto como acontece em sites oficiais e institucionais.


Aplique essas “técnicas” no seu dia a dia e pense melhor antes de compartilhar com os seus amigos as informações que chegam para você. Notícia falsa é coisa séria, pode levar a linchamentos, morte de pessoas inocente que surgem como um simples boato e que na internet ganha uma força incalculável.



Quero melhorar os resultados da minha empresa

 

Entenda também...

Era da Pós - Verdade

Essa expressão foi inserida no Dicionário Oxford há dois anos para explicar o momento atual em que os fatos reais (verdadeiros) têm menos influência em moldar a opinião pública do que apelos à emoção e a crenças pessoais. Ou seja, vivemos na sociedade das informações falsas, de conteúdos virais, sejam na forma de textos, áudios ou imagens, em que as inverdades ganham cada vez mais força na internet, redes sociais e aplicativos, como o WhatsApp.

Eleições 2018

Em meio a esse auge de notícias falsas que nos bombardeiam a todo o momento, especialistas e estudiosos apontam uma certa preocupação quanto às Eleições 2018. Porém, ao mesmo tempo, o fato de se falar sobre as fake news, informar às pessoas sobre essa rede de mentiras, já é uma forma de alertá-las sobre o tipo de notícias que elas consomem. Ter esse ponto crítico e avaliar se faz sentido o que você acabou de ler. Mantenha o seu radar ligado e cuidado para não cair numa dessas armadilhas da era pós-verdade.

Leia ainda:


Como fazer um site de candidato para a campanha eleitoral

6 passos para um blog de sucesso na campanha eleitoral


Uma figura importante que vale ser citada quando o tema é fake news é o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, um dos grandes responsáveis por contribuir para a popularização do termo. Constantemente, Trump recorre o uso da expressão pelo para atacar a imprensa americana, como o The New York Times, The Washington Post e CNN, além de rivais políticos.

Use a internet para o bem! O Grupo Emedia realiza, há mais de 10 anos, um trabalho sério e transparente com os seus clientes. Venha nos conhecer!